TRILHA SALESÓPOLIS A  BOIÇUCANGA

Complexo da Antiga Trilha do Padre Dória

Vídeo1:

Vídeos2:

Vídeo 3:

PROGRAMAÇÃO:

Saída do Grupo às 6:00 horas.

- O transporte (Transporte por conta do Grupo) seguirá com destino a Estrada da Petrobrás, que liga Salesópolis a Caraguatatuba. Deixaremos o veículo no alto da Serra do Mar, iniciaremos a caminhada por uma trilha em meio à mata que nos levará até Boiçucanga no Litoral Norte;

- Alongamento antes de começar a Trilha Salesópolis a Boiçucanga;

- Paradas obrigatórias na Estrada Petrobrás: 

- Na Trilha, a primeira parada será no Sítio do Sr. Dito Cachimbo (lanche), um caipira que vivia isolado da civilização;

  

- Continuaremos a descida até a primeira travessia do Rio Itu, faremos mais uma parada para o lanche. Após o lanche, seguiremos pela trilha, atravessaremos o leito do Rio Itu várias vezes, passando por  grandes piscinas naturais, nas quais poderemos nadar e tomar banho de cachoeira.

Atravessando o Rio da Trilha Salesópolis a Boiçucanga (Rio Itu):

Cachoeiras do Percurso:

Foto Via Satélite da Região:

 

- Após esta última parada, terminaremos a descida da serra e chegaremos a Estação de Tratamento de Água da Sabesp de Boiçucanga onde o Transporte nos aguarda para retorno do Grupo;

- Observações sobre Fauna e a Flora da Região;

- Saída da trilha em Boiçucanga por volta dás 18:00 horas.

O QUE LEVAR

  • Mochila;
  • Bota ou tênis já amaciado e com solado aderente,
  • Cantil;
  • Chapéu ou Boné;
  • Protetor solar;
  • Repelente de insetos;
  • Lanterna;
  • Roupa de Banho;
  • Toalha pequena;
  • Tênis e roupa extra para o Retorno do Grupo;

INCLUSO: Trilha Salesópolis- Boiçucanga - Seguro Viagem - Guias Credenciados de Turismo – Água Mineral – Serviços Turísticos de Agenciamento;

- Solicite Informação sobre o VALOR   , através do e-mail: turismo@tieteturismo.com.br;

- Orçamento válido para no mínimo 15 pessoas;

- Agendamento deverá ser feito com antecedência;

- Para o Seguro Viagem, preciso do Nome Completo, Data de Nascimento e CPF;

FORMA DE PAGAMENTO:

- Sinal de 50% pra reserva do nome para Evento;

- Restante no dia do Evento;

- Enviar o comprovante de deposito por e-mail ou fax, para o nome ser efetivado na lista;

- Agendamento deverá ser feito com antecedência pelos telefones: 11-4696-1761, ou por e-mail: turismo@tieteturismo.com.br

 OBSERVAÇÕES:

- O Agendamento deverá ser feito através de Fax ou E-mail.

- Temos outros Roteiros de Turismo Aventura, querendo esta opção por favor entrar em contato -Trilha, Rapel, Tirolesa, Ciclo Turismo...

- Durante o percurso os guias irão fazer observações sobre os locais e região, enfocando os aspectos históricos, geográficos e biológicos  de cada atrativo e região.

- Solicite os tópicos que poderão ser abordados em cada atrativo, a fim de melhor auxiliá-lo em sua programação.

- Em dias de chuva a viagem poderá ser cancelada e adiado para outra data.

- Elaboramos roteiro especifico para o seu grupo, entre em contato conosco.

 Reserva: 11- 4696-1761 (Beto)

e-mail: turismo@tieteturismo.com.br

 

Resumo Histórico:

Trilha Ribeirão do Itu

    A Trilha Salesópolis à Boiçucanga, no Litoral Norte de São Paulo oferece uma beleza  natural espetacular, cercada pelo Parque Estadual da Serra do Mar e envolvida pela Mata Atlântica.

        A trilha tem aproximadamente 8,2 km e passa pela Cachoeira do Ribeirão do Itu, e estende entre os municípios de Salesópolis e São Sebastião.            

        O acesso à trilha é pela Estrada do Rio Pardo (Estrada da Petrobrás) que interliga o Bairro do Porto Novo (Caraguatatuba) à Estrada SP-88, no município de Salesópolis; e em São Sebastião através da Rua Maria Chulia de Jesus, no Bairro de Boiçucanga.

        A maior parte da trilha faz parte de São Sebastião , com exceção de 300 metros contínuos ao acesso por Salesópolis , e se encontra a partir da cota 100 metros do nível do Mar.

        A Cachoeira do Ribeirão do Itu é o trecho de maior fluxo de turistas, atraídos pelas belíssimas quedas d’água. Neste trecho, até aproximadamente a cota 190 metros do nível do Mar, a trilha apresenta maior dificuldade , devido ao declive acentuado.

        A trilha a partir desta cota , se torna bem mais leve e atravessa rica área da Mata Atlântica, acompanhando o Ribeirão do Itu que a cruza em, pelo menos, 9 pontos. A mesma é entrecortada: a cotas 360 metros, pela área do sítio (casa e roça) do Sr. Benedito Alves da Silva, o “Dito Cachimbo”, antigo morador do local a pelo menos há 35 anos e na cota 200 por uma área de plantação de bananas e rancho, próximo ao rio, em área de preservação permanente.

        Boiçucanga é uma palavra  de origem indígena (significa cobra de cabeça grande) e designa uma região que limitava as terras dos Índios Tupinambas , ao norte, e Tupiniquins.

        As trilhas indígenas foram utilizadas pelos colonizadores portugueses para o acesso ao interior do pais, em busca de minério e produtos tropicais. As comunidades locais mantiveram seu uso ao ,longo do tempo, principalmente para peregrinações religiosas a localidades da região do Planalto.

    Era do tempo dos índios Tupiniquins e Tupinambás,e é da língua indígena que vem o nome Boiçucanga: Boi, que significa cobra + Açu, que significa grande + Canga, que significa cabeça. A cobra de cabeça grande seria a serra que isola Boiçucanga do restante do município. As festas tradicionais, como a de Nossa Senhora da Conceição e a Corrida de Canoas na Passagem de Ano são tradicionais e contando inclusive com a participação de turistas e veranistas .Para quem quer ficar de frente para a mata, Boiçucanga tem uma das cachoeiras mais lindas da Costa, a cachoeira do Ribeirão do Itu. Não perca o por do  sol de Boiçucanga, já eternizado em fotos e quadros. Uma trilha completa com quedas d’água, travessia de rio e uma cachoeira de 60 mts para refrescar a maior sede de aventura!

by Site Fácil Brasil